Os Segredos Bordados de Maurizio Anzeri

Maurizio Anzeri, nascido na Itália, começou a colecionar retratos antigos, pois tinha fascinação por eles, e foi essa paixão e obsessão com retratos que mais tarde tornou-se o corpo de seu trabalho.

Segundo o artista, ele se interessa em tudo aquilo que uma fotografia representa. Quando viaja, ele visita mercados antigos e compra fotografias que são, posteriormente, transformadas em obras de arte.

Os retratos tendem a manter a qualidade de uma fotografia, mas começam a se tornar tridimensional, o que o levou a inventar o termo: ”foto-escultura”. É este elemento tridimensional, conseguido através da intervenção de bordados, que transforma os retratos em foto-esculturas. A sensação que eu tenho é que suas obras nos levam para uma outra dimensão..
Maurizio costuma dizer que está mais interessado no uso da fotografia do que em seu processo. Segundo o artista, quando olhamos para uma fotografia, tendemos a acreditar que de alguma forma, estamos olhando para algum tipo de realidade, mas na verdade sabemos que não é, é apenas um momento. Captar esse momento em um pedaço de papel é o que Maurizio acha verdadeiramente fascinante. Aquele momento está preso lá dentro para sempre.
Algumas pessoas dizem que fotos são as únicas formas de congelar momentos para todo o sempre.. pena que só podemos olhar para elas e não voltar no tempo, não é!? O que não daríamos para viver alguns momentos novamente… não teria preço.
.
Fotografias antigas, sem dúvida, trazem consigo algo do passado, mas a intenção de Maurizio não é preservar, celebrar ou reviver o passado. Ele não quer ser nostálgico (apesar de quem em alguns momentos foi essa a sensação que eu tive!), ele quer trazer aquela fotografia para o presente, como se fosse uma coisa nova… é bem mágico.
.
O objetivo de Maurizio é criar um algo a mais, sem perder suas características originais, antigas. Ele não tem intenção de cobrir ou apagar as imagens, mas sim, alimentar outra dimensão.
.
Ele já expôs na conceituada galeria de arte de Charles Saatch e recebeu grande cobertura e atenção da mídia. Seu trabalho mais recente é em fotografia digitais e atuais.. ainda em preto e branco. Continua sendo incrível e de um bom gosto sem precedente. É uma delícia ver o contraste entre as cores dos bordados e os retratos em preto e branco. É como se o artista estivesse dando vida às imagens.. ou de uma certa forma, dando-lhe uma nova história. O trabalho é de Maurizio em parceria com o fotógrado Richard Burbridge. Confira:
.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s