Mulheres de Areia

Para quem já achava incrível caminhar pelas praias do Rio admirando as esculturas de areia, esperem até ver isso..

São como cirurgiões da areia. Artistas do mundo inteiro se reúnem para competir no Campeonato Mundial de Sculpting Sand (˜Esculpindo Areia˜). Muitos desses artistas têm experiência em outros campos como engenharia, arquitetura e paisagismo. Alguns são realmente cirurgiões na vida real.. impressionante.

A fim de criar tais esculturas de areia, os artistas devem estar em  excelente forma física. Isso porque cada um dos artistas deve carregar nas costas as embalagens de areia, além de bater toneladas de areia em um curto prazo. A areia da competição, no entanto, não vem da praia, pois essa areia tende a se desmoronar com mais facilidade. São areias especiais adquiridas pelos participantes especialmente para a competição

Aqui estão algumas das esculturas de areia mais incríveis, que foram da última competição realizada no ano passado em Federal Way, Washington.

Anúncios

Esculturas de corda de Mozart Guerra

Com apenas um pouco de corda de nylon e isopor, Mozart Guerra, artista brasileiro, cria esculturas de impressionar. Nascido em 1962, Mozart estudou arquitetura na Universidade Federal de Pernambuco. Seus primeiros trabalhos foram como cenógrafo de teatro, cinema e TV.

Mozart se mudou para Paris em 1992, onde mora hoje, e participa de várias exposições individuais e coletivas na Bélgica, Brasil, Canadá, França, Alemanha, Itália, Luxemburgo, Portugal, e Espanha.

NY: arte para todos

Foto: Jason Wyche / Cortesia da “Public Art Fund” para artinfo.com

A escultura – Empire – de Eva Rothschild para o Public Art Fund na Doris C. Freedman Plaza no Central Park –  a primeira exposição de arte pública nos Estados Unidos da artista irlandesa  – consiste em uma construção de linhas interligadas que evocam os ramos de natureza e tecnologia. Eva Rothschild, criou um arco monumental multidrecional, que pode ser visto como um ponto de transição entre a cidade e o parque.

Rothschild se inspirou no próprio Central Park, cujas árvores mais antigas são naturalmente mais arqueadas. A estrutura linear se enraíza em dez pontos do parque, enquanto sua forma se ramifica sobre nossas cabeças.

A obra cria uma tensão física entre o sua imponência e elementos de interseção, que são subdivididas por faixas irregulares de cor pela escultura. Com uma energia pulsante visual, a escultura sugere várias imagens – talvez a cauda de um cabo de vassoura ou um raio. Como a melhor das artes, somos livres para fazer nossas próprias associações.

O Título da obra escolhida por Rothschild – Empire – tem como fundamento a própria localização de seu trabalho: “The Empire State”, ao mesmo tempo que pode-se considerar a escultura como um contraponto lúdico à tradição arquitectónica de arcos monumentais através da história, muitas vezes utilizado de forma a representar o triunfo de um poder imperial.

Eva Rothschild, nasceu em Dublin, no ano de 1971 e ganhou reputação como uma das principais escultoras da Grã-Bretanha. Suas construções geométricas e irregulares empregam uma ampla gama de materiais como metal, vidro, couro, acrílico e mosaico.

A artista já expôs nos mais renomados museus/galerias de arte do mundo, tais como Tate Britain, South London Gallery, Kunsthalle Zurich e, The New Museum, em NY. Além disso, seu trabalho integra coleções permanentes do Carnegie Museum of Art, em Pittsburgh; Museu Irlandês de Arte Moderna, em Dublin, e o Tate, em Londres.

http://www.publicartfund.org/evarothschild/

 

 

 

 

Arte Interativa

ADA – Analog Interactive Installation (Instalação Interativa analógica), é uma escultura cinética feita pela artista alemã Karina Smigla-Bobinski. A instalação é feita com um balão enorme inflado de hélio, preso dentro de uma pequena sala.  Esse balão é enriquecido com dezenas de peças de carvão salientes que raspam as bordas das paredes da galeria, conforme os participantes o manipulam.

Esta obra estava em exibição no Festival Internacional de Linguagem Eletrônica, que foi realizado em São Paulo.

É fascinante que, além das limitações da galeria, o resultado do trabalho ainda requer a participação de dezenas, se não centenas de visitantes.. muito bacana.

 

 

 


Arte Pixelada de Madeira

Shawn Smith, morador de Austin, Texas, faz esculturas super reais com pixels de madeira… na realidade, reais mais ou menos, claro.. a verdade é que as esculturas de Shawn estão no limite entre o real e o simulado. Suas esculturas quase reais viram ilusões em nossa percepção, tendo em vista que cada pixel é esculpido inteiramente de madeira. É real.. e não é.

Segundo o artista, é um processo árduo, às vezes demorado, podendo levar meses a fio para um trabalho ficar pronto, mas muito gratificante.. Para ele e para nós, admiradores de seu trabalho! Suas esculturas são muito bonitas e bem feitas.

O segredo de David..

Éssa é a famosa estátua de David, feita por Michelangelo. Quem já viu de perto, sabe que é uma obra prima.. praticamente um fenômeno anatômico. A precisão do corpo humano capturado por Michelangelo tem sido descrita como nada menos que espetacular. Percebe-se claramente as veias pulsando no dorso das mãos de David, suas curvas perfeitas, os músculos..

Agora olhe essa imagem uma segunda vez.. repare bem. Não vê nada de estranho!? Apesar da perfeição do corpo de David, seu órgão genital é bem desproporcional.. o que tem sido motivo de grande discussão e controvérsia ao longo dos últimos 500 anos.. por quê Michelangelo o faria tão pequeno?

Um grupo de especialistas saiu em defesa de Michelangelo.. sabe qual foi a explicação? A estátua de David, quando vista de um ângulo elevado – o angulo que Michelangelo estaria vendo ao trabalhar na escultura –  tem um olhar de medo em seu rosto que é invisível quando visto do nível do chão..

Segundo esses especialistas, David não está somente fazendo uma “pose”.. ele está enfrentando seu adversário, o gigante Golias.

Para corroborar essa tese, pesquisadores fizeram uma análise computadorizada da escultura e descobriram que cada expressão de David tem uma explicação científica. Ele estava com medo, mas pronto para atacar..

Conclusão: o órgão genital de David tem uma razão para ser tão desproporcional.. pois ele está tentando o esconder, o que fIsiologicamente falando, é um comportamento super normal do pênis quando se está com medo.. O que você acha!?

Lego Art – The Brick Artist

Quem nunca pensou em largar tudo e mudar completamente de vida!? Vontade todo mundo tem.. falta coragem!!  Nathan Sawaya, por outro lado, teve coragem de sobra. Formado em Direito pela NYU, cansou da labuta de advogado e, no ano de 2004, abandonou tudo para viver a vida fazendo arte com lego.. Isso mesmo.. aquele mesmo brinquedo que eu e você brincávamos quando éramos crianças! Nathan agora “brinca” com os legos for a living.. literalmente.

                    

Ele diz que, hoje, trabalha igual ou mais do que na época em que advogava em escritório, no entanto, a única diferença é que ele ama o que faz.. Ainda, segundo o artista, o pior dia em seu estúdio é BEM melhor do que o melhor dia que já teve no escritório de advocacia.. (disso os advogados entendem bem!!)

Nathan tem a capacidade de transformar simples tijolos de LEGO em algo completamente novo. Seu perfeito uso de cores e a maneira como ele conceitua sua obras, permite-lhe elevar um brinquedo comum, ao status de arte.


Veja mais trabalhos de Nathan clicando aqui. É um mais legal do que o outro! Para aqueles dias em que ficamos entediados no trabalho (de saco cheio querendo largar tudo!!) – Respire fundo..conte até 10.. e se distraia um pouco navegando pelos trabalhos divertidos e coloridos de Nathan Sawaia..