Abençoe esta Bagunça

O artista sediado em NY, Scott Campbell, criou a série chamada “Bless this Mess”. A mostra, que estará em exposição na Galerie Gmurzynska, em Zurique, Suíça, a partir do dia 25 de janeiro, é composta por várias peças criadas através da moeda dos Estados Unidos, cortadas a laser e em baixo relevo. Embora o método artístico de Campbell não se limite à esculturas, desenhos e pintura, a exposição concentrou na moeda e no grafite.

“A exposição é composta de um grupo de obras raras criadas pelo artista para uma exposição na Cidade do México, em 2010. Após uma discussão com os donos da galeria na Cidade do México, Campbell, em uma crise de loucura, ateou fogo em suas obras expostas, inclusive nas que já haviam sido vendidas. As peças que não foram destruídas, no entanto, possuem um certo encantamento.. pequenos focos de queimado e uma composição interessante”. – Galerie Gmurzynska

Anúncios

As Aventuras de Tintim – Denise Araripe Pinturas

Tem exposição nova no pedaço! Denise Araripe, artista de mão cheia e mãe de um queridíssimo amigo meu, Pedro Araripe, inaugurou na semana passada a exposição Denise Araripe Pinturas, que faz uma releitura das histórias de Tintim, que, junto com seu cão Milu e o Capitão Haddock, são protagonistas da série de livros do autor belga, Hergé.

Imagem

Denise inspirou-se na discussão criada pela viúva do autor que processou o artista francês Bob Garcia por inserir Tintim em seus livros. Em uma das obras, a artista replicou repetidamente a seguinte frase: “Artigo 47 da Lei 9.610/98”, lei brasileira que trata da liberdade de uso das imagens.

Imagem

Imagem

ImagemImagem

ImagemImagemImagem

Paulo Sérgio Duarte, diretor do Centro Cultural Cândido Mendes, selecionou a mostra: “Denise é uma artista neo-pop. O ressurgimento do pop, com as apropriações que carrega, se dá em um novo contexto, diferente dos deslocamentos de objetos que se dão na sobras de Duchamp e Warhol. Tudo é mais veloz, e essa discussão está na ordem do dia”.

A mostra tem 13 paineis incríveis sobre o tema. Não perca, pois a exposição ficará em cartaz somente até o dia 17 de fevereiro!

Centro Cultural Cândido Mendes
Endereço: Rua Joana Angelica, n. 63, Ipanema

Exposição: 17 de Janeiro a 17 de fevereiro de 2012
Horário: 2° a 6° de 14 às 20hrs sabado 16 às 20hrs

Os desenhos de John Lennon

Antes de sua morte, em 1980, aos 40 anos de idade, John Lennon deixou sua marca no mundo através de sua música, atraindo multidões de adoradores.. primeiro como integrante dos Beatles e mais tarde como um artista solo, com canções como “Imagine” e “Give Peace a Chance “.

No último dia 9 de outubro teria sido o aniversário de 71 anos do cantor, e para homenageá-lo, sua viúva Yoko Ono, Bag One Arts, e Legacy Fine Arts & Productions organizaram uma exposição em Nova York de sua arte, intitulado de “Gimme Some Truth: A Obra de arte de John Lennon. ”

Nos últimos 10 anos, Yoko Ono têm honrado o aniversário de seu falecido marido, apresentando exposições de arte, dando aos fãs de Lennon a oportunidade de ver o outro lado do músico.

A exposição deste ano está em exibição no SoHo, em NY. Desenhos, esboços e palavras escritas abrangendo toda a sua carreira vão estar em exibição na 76 Wooster Street.

Jean Paul Gaultier surpreende no Montreal Museum of Fine Arts

A exposição acabou no domingo e superou todas as expectativas. “The Fashion World of Jean Paul Gaultier: From the Sidewalk to the Catwalk”, teve mais de 172.608 visitantes apenas no último dia.. O museu conta com média de “apenas” 65 mil visitantes por dia.

Os visitantes enfrentavam até duas horas de fila para ver para ver a arte de Jean Paul Gaultier, tais como roupas e objetos do designer. A exposição ficou em segundo lugar das mostras mais concorridas do museu, ficando atrás apenas da exposição “O Imperador Guerreiro e o Terracotta Army da China”, também deste ano, que teve 247 mil visitantes, e ganhou da exposição “Imagine: a Balada da Paz de John & Yoko Ono “, de 2009, que teve 155 mil participantes no seu último dia. Isso nos prova mais uma vez que arte e moda andam juntas mesmo.. uma serve de inspiração para a outra e nós adoramos. Afinal, inspiração é sempre inspiração e uma boa exposição deve estar sempre nos nossos planos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A exposição vai agora para o Museu de Arte de Dallas, onde abre em 13 de novembro -com algumas novas peças -, antes de ir para San Francisco, Madri, e Rotterdam.

Entrevista com Richard Serra sobre suas novas instalações na Gagosian

As instalações parecem mais labirintos. O expectador, ao entrar na galeria, se depara logo com duas instalações enormes: a Cycle e a Junction. Segundo o artista, os visitantes precisam escolher para que lugar querem ir. Na primeira, ele terá mais opções de circular.. já na segunda, as opções são menores. Você poderá cicular pelas instalações sem precisar sair e entrar várias vezes delas. Existem vários caminhos. No entanto, segundo Serra, você só terá a experiência correta, caso entre e saia várias vezes… cuidado para não se perder!

Clique aqui para ver o conteúdo completo da entrevista.

Richard Serra’s “Cycle,” 2011

Reddress no London Design Festival

Fotos: Perttu SaksaREDDRESS é uma instalação na forma de um colossal vestido vermelho. Projetada por Aamu Song, REDDRESS visa questionar os papéis que nós temos como participante ou artista, bem como elevar os limites de interação dessa relação. A instalação abriu hoje, em Londres, e ficará em cartaz até domingo.

Fotos: Bernhard Ludewig

REDDRESS é um shoe-free zone. Se for visitar, coloque suas meias favoritas 🙂

York Hall
5 Old Ford Road
Bethnal Green
London E2 9PJ